15 Julho - Dia do Homem

Um dia só para eles

O dia 15 de julho pode até ter passado despercebido entre as mulheres, mas a partir de agora, fique atenta, este é o dia dedicado a eles


Sim, eles também têm sua data especial. O Dia do Homem é celebrado no Brasil no dia 15 de julho, na próxima quarta-feira. O dia passou a ser comemorado em 1999 pelo Dr. Jerome Teelucksingh em Trinidad e Tobago, apoiado pela Organização das Nações Unidas (ONU), e diversos grupos de defesa dos direitos masculinos no mundo inteiro. Talvez até pelo pouco tempo da implantação do dia 15 de julho como Dia do Homem, a data tenha passado despercebida. 
No Brasil a data foi proposta pela Ordem Nacional dos Escritores em 1992. Desde esse ano, as atenções para tal data vêm se tornando crescentes, sobretudo por parte de autoridades políticas e por núcleos de especialistas na saúde do homem. Um dos objetivos da reflexão que propõe o Dia do Homem é a igualdade entre os gêneros masculino e feminino. O alvo principal dessa proposta é a mudança de comportamento com relação a muitas posturas colocadas, tanto por condutas machistas quanto por condutas do radicalismo feminista, que tendem a restringir o debate da valorização profissional e social da mulher e do papel fundamental que o homem desempenha nesse processo.
Além disso, há a discussão sobre o paradigma do homem contemporâneo, que já não segue o mesmo padrão comportamental do século passado, nem em seu seio familiar nem em seu trabalho ou na convivência com círculos de amigos. Afinal, o homem moderno mudou muito e hoje deixou de ter aquela imagem rude para ter uma imagem de um homem que se preocupa também com sua aparência e com seu corpo. 

Responsável técnica da Academia Alternativa de São Miguel do Oeste, Elenise Gallina Rhoden - Foto: Débora Ceccon/O Líder
Metrossexual - O novo homem 
O homem evoluiu e surgiram novas nomenclaturas, como o metrossexual, que é aquele homem vaidoso, que gosta de cuidar de sua aparência, passou a usar mais cosméticos, frequenta academia para cuidar do corpo, salões de beleza, e se preocupa em usar roupas que lhe caem bem. E quem confirma essa mudança no comportamento do homem é a responsável técnica da academia Alternativa de São Miguel do Oeste, Elenise Gallina Rhoden. Ela, que também é educadora física, menciona que atualmente os homens representam 50,2% do nosso total de alunos, sendo a faixa etária predominante de 29 a 40 anos.
“A preocupação com a vaidade e aparência, conciliada com o bem-estar e saúde, são as principais motivações que levam os frequentadores à academia. No momento da avaliação física e da elaboração do programa de treinamento percebe-se a prioridade da redução de peso e definição do corpo”, observa Elenise. Segundo ela, os homens procuram a academia tanto para definir o corpo como para perder peso. E as modalidades vão desde a musculação, que tem a maior procura, até a natação e lutas marciais (MMA, boxe e muay thai). 

Publicado em: http://br.wh3.com.br/olider/noticia/134038/um-dia-so-para-eles-.html 

Nenhum comentário:

Add

Comente!