“Eu estou ciente das diversas objeções à severidade de minha linguagem. Mas não há motivos para tal severidade? Eu serei rigoroso como a verdade e inflexível como a justiça. Sobre esses assuntos, eu não quero pensar, falar, ou escrever com moderação. Não! Não! Vá dizer a um homem, cuja casa está em chamas, para dar um alarme moderado; diga a ele para resgatar moderadamente a sua esposa das mãos do estuprador; diga a uma mãe para retirar gradualmente seu filho do fogo no qual caiu; – mas não me peça para ser moderado frente a uma causa como a presente. – Eu estou aqui a sério. – Eu não me equivocarei, não me desculparei, não recuarei um milímetro que seja – E EU SEREI OUVIDO. A apatia das pessoas é o bastante para fazer com que cada estátua que existe lance-se de seu pedestal e apresse a ressurreição dos mortos”.

William Lloyd Garrison (1805-1879)

Nenhum comentário:

Add

Comente!